Welcome guest, is this your first visit? Click the "Create Account" button now to join.

User Tag List

Página 4 de 5 PrimeiroPrimeiro ... 2345 ÚltimoÚltimo
Resultados 46 a 60 de 74
  1. #46
    Super Piloto Avatar de Tqf2
    Data de Ingresso
    Apr 2008
    Localização
    Araputanga - MT
    Idade
    35
    Posts
    5.649

    Re: Economia Moto x Carro

    Citação Postado originalmente por Mostarda_69 Ver Post
    Sobre o consumo, uma vez eu andei pensando e cheguei a siguinte conclusao..

    Potencia aumenta em PG e consumo em PA.. e vice versa.. (PA-Progressão aritmética, PG Progressão Geométrica);
    Exemplificando: 50 cvs fazem 40km/l. Na mesma situação 100cvs nao fazem 20km/l, fazem 30km/l.
    Na pratica, um carro 1.0 faz uns 15 na estrada com seus 70cvs. um carro 1,6-1,8 faz 12-13 na estrada com seus 110cvs. Assim como um Bugatti Veyron que tem agora um edição com 1368cvs faz 3km/l. Infelizmente eh ruim pq no contrario tu diminui um monte a potencia e força das motinho e o consumo pouco muda...
    Acho que essa resposta matou as minhas dúvidas.......

    Quer dizer que quando aumenta a potência o consumo muda, mas não na mesma proporção...?

    Da mesma força que nas motos se diminui a potência, mas o consumo não diminui na mesma proporção......?

    POr isso o motor de moto não é tão eficiente quanto um motor de carro.....?
    Também pela faixa de rotação que um motor de moto anda né......
    Agora uma C100 biz para ajudar a economizar gasosa

  2. #47
    Isso é algo que me intrigou tbm e me fez pesquisar e cai aqui. Acho pessoalmente, extremamente ruim essa questão das motos beberem tanto. Uma moto 1000cc faz mt menos que um carro praticamente. E fora que um carro 1.0 (alguns) facilmente chegam a 140km/h e as 250cc não chegam fácil à essa velocidade bebendo pouco menos que o carro ... Na minha opinião, seria interessante fabricar motos com menos força e partir mais em prol desse quesito entre consumo/velocidade; Um carro desenvolve bem, sem forçar e chega em boas velocidades, o que ajuda mt em viagens.

    Obs; Agora que tem algumas melhoras nas motos novas, que por exemplo vi que a CB500F tem uma boa média de consumo
    Última edição por williansgoo; 04-01-17 às 19:45.

  3. #48
    Motociclista Avatar de 2weels
    Data de Ingresso
    Nov 2011
    Localização
    SP-Interior
    Idade
    33
    Posts
    781
    Carros 1.0 atuais chegam a mais de 140, a maioria bate 170km/h.

    Agora a economia esta na manutencao. Em 60000 km, meu carro so troquei oleo e filtros a cada 15000km, correia dentada aos 50000km e dois pneus aos 58000km. E andando a 100km/h com ar ligado ele faz de 12 a 13 no alcool ( faria na casa dos 16 na gasolina ).

    Minha moto atual é bem alto o custo de manutençao, mas sao bem espaçadas.

    Agora enquanto as motos estao encontrando a injeçao, os carros ja evoluiram muito além disso. O UP 1.0 saiu com 3 cilindros, injeçao no coletor ( igual moto ) e ja com 85cv. Depois a VW lançou o mesmo motor, porém turbo e com injeçao direta, um pouco mais caro, mas o resultado: torque ignorante para o carrinho em todas as faixas de rotaçao ( ja a partir de 1500rpm), 105cv de potencia, 184km/h de maxima ( deve fechar 200 no painel ) e... menor consumo de combustivel em relaçao ao modelo sem turbo. Sera que as motos vao por esse caminho um dia? Imagina uma 250cc com 2 cilindros, injeçao direta turbo alimentada colocando 50cv nas rodas com torque de sobra em todas rotaçoes e ainda fazendo 45km/l.
    Última edição por 2weels; 05-01-17 às 07:01.
    Yamaha XVS950A MidnightStar

  4. #49
    Motociclista
    Data de Ingresso
    Aug 2016
    Localização
    Porto Alegre - RS
    Idade
    33
    Posts
    842
    Citação Postado originalmente por 2weels Ver Post
    Carros 1.0 atuais chegam a mais de 140, a maioria bate 170km/h.

    Agora a economia esta na manutencao. Em 60000 km, meu carro so troquei oleo e filtros a cada 15000km, correia dentada aos 50000km e dois pneus aos 58000km. E andando a 100km/h com ar ligado ele faz de 12 a 13 no alcool ( faria na casa dos 16 na gasolina ).

    Minha moto atual é bem alto o custo de manutençao, mas sao bem espaçadas.

    Agora enquanto as motos estao encontrando a injeçao, os carros ja evoluiram muito além disso. O UP 1.0 saiu com 3 cilindros, injeçao no coletor ( igual moto ) e ja com 85cv. Depois a VW lançou o mesmo motor, porém turbo e com injeçao direta, um pouco mais caro, mas o resultado: torque ignorante para o carrinho em todas as faixas de rotaçao ( ja a partir de 1500rpm), 105cv de potencia, 184km/h de maxima ( deve fechar 200 no painel ) e... menor consumo de combustivel em relaçao ao modelo sem turbo. Sera que as motos vao por esse caminho um dia? Imagina uma 250cc com 2 cilindros, injeçao direta turbo alimentada colocando 50cv nas rodas com torque de sobra em todas rotaçoes e ainda fazendo 45km/l.
    Teu carro é bom hein?

    O meu com 100.000km já troquei embreagem a pouco tempo, pastilhas de freio duas vezes, disco de freio, válvula termostática 3 vezes, carcaça da válvula termostática, travas elétricas das portas traseiras que caducavam de vez em quando, correia dos acessórios, rolamentos tensores das correias, rolamentos das rodas, amortecedores e buchas dianteiro e traseiro, pneus 2 vezes, todos os fluidos, óleo caixa, DH, fluido freio, liquido, arrefecimento, jogo de velas e cabos 2 vezes, filtro de combustível umas 3 vezes, bateria 2 vezes, surdina escapamento várias vezes, balança da suspensão dianteira e pivô umas 3 vezes, motor do limpador queimou a muito tempo atrás e tive que trocar, coifas da homocinética e da ponta do eixo. Acho que só...

    - - - Updated - - -

    Sapata de freio traseiro uma vez também, barras axiais da direção uma vez...
    Última edição por andersonpg; 05-01-17 às 21:05.
    Fazer 250 Blueflex

  5. #50
    Motociclista Avatar de Ctrl-Alt-Del
    Data de Ingresso
    Jun 2016
    Localização
    São Paulo - SP
    Posts
    591
    Caracas vocês desenterraram um tópico, mas de discussão interessante.

    Há várias abordagens sobre o assunto. Vou tocar somente no aspecto do aspecto econômico. Porque eu gosto de desenvolver planilhas que se tornaram verdadeiros programas. Pois bem, não existe um automóvel com menos de 10 anos de uso que tenha um custo total em R$/km rodado inferior a R$ 1,30. A base de cálculo para comparação é de 13.000 km/ano.

    No caso de minha Factor 125, o custo total do km rodado é de R$ 0,51/ km. O combustível não chega a representar 18% do custo total.

    No frigir dos ovos são veículos com propostas diferentes e para necessidades distintas. Mas para se deslocar em grandes centros hoje não consigo imaginar uma solução mais ágil.
    Crtl-Alt-Del

  6. #51
    Motociclista
    Data de Ingresso
    Feb 2011
    Posts
    524
    Acho que do ponto econômico, moto vs carro tem que ser levado em consideração tempo de uso anual/mensal junto com tempo de locomoção, valor total do veiculo e necessidade de peso alem do motorista.

    (Peso x Potencia x Velocidade=ECONOMIA CARRO E MOTO) Se for só motorista do carro com mais uma pessoa apenas, a moto sempre vai ganhar, pela autonomia de tanque/combustível, pelo valor da troca de oleo e pneus, e pelo valor da manutenção que só fica mais alto se você andar toda vida com cabo enrolado no máximo.
    Uma moto 125cc hoje com i.e, sempre andando em baixo rpm, sem esgoelar chega aos 50km/l facil. (Para ser sincero eu achava que era mentira, até meu colega me provar com usando a cg160 start dele.) na rodovia sempre vai a 80kmh ele me falou, até porque verdade seja dita a cg160 chega ao limite de 115kmh. O Mesmo com Carro 1.0 de hoje que por mais que chegue aos seus 160kmh 170kmh, vai andar a 100kmh com baixo giro, e assim diminuindo o consumo.

    (Manutenção x Valor total do Veiculo) Um fator que sempre me questionei, por que um carro em média faz o motor com 300.000km e a moto com 100.000. Se levarmos a equivalência de motores, mesmo um sendo mais simples que o outro. Percebesse que a manutenção básica e preventiva de um carro com 100.000km rodados é a mesma de uma moto com 33.333km. Tendo vantagem pra moto. Outro ponto, valor de peças de um motor quebrado fica mais barato do que a de um carro por conta do valor final do veiculo.

    (TEMPO É INHEIRO) Tirando trechos em rodovias fica fácil a locomoção com a moto devido a sua agilidade no transito. Como sempre falei para meus colegas, só fica parado o carro, moto pode andar em corredor, lugares que muita das vezes é proibido carros, estacionamentos pra motos estão crescendo (porem não na mesma velocidade que cresce as vendas das motos).

    Outro Fator sobre tem estado como SC que IPVA pra motos de até 200cc NÃO EXISTE, ou seja, documentação anual mais barata.

    Bem galera, isso aqui é o que penso. Devo lembrar coloquei como base carros 1.0 vs motos de até 160cc, Motos 250cc pra cima, ja perdem no quesito economia, a exemplo, troca de oleo, pneus, e outras coisas. Fora que outro fator consumo aumenta.

  7. #52
    Motociclista
    Data de Ingresso
    Aug 2016
    Localização
    Porto Alegre - RS
    Idade
    33
    Posts
    842
    A grande vantagem da moto nem é a economia, mas o fato que hoje em dia em grandes centros só a moto anda, o resto fica parado.

    Acho que outra coisa que deve ser considerado é a diferença de preço na aquisição de um veículo 0km.

    A moto você compra 0km, roda uns 50.000km coloca mais 5 ou 7 mil reais em cima e troca por outra 0km.

    Com o carro você roda uns 80.000km e tem que colocar mais uns 20.000 reais no mínimo para pegar outro 0km.

    Isso se tiver o valor para dar a vista, se for parcelado pode colocar quase o dobro em cima só de juros. Ou seja, a moto você acabaria pagando uns 11 mil a mais e no carro uns 33 mil

    No caso o valor do bem é maior, então a desvalorização também é. E veículo nenhum nunca é investimento, está sempre em constante depreciação.
    Última edição por andersonpg; 06-01-17 às 07:44.
    Fazer 250 Blueflex

  8. #53
    Citação Postado originalmente por andersonpg Ver Post
    A grande vantagem da moto nem é a economia, mas o fato que hoje em dia em grandes centros só a moto anda, o resto fica parado.

    Acho que outra coisa que deve ser considerado é a diferença de preço na aquisição de um veículo 0km.

    A moto você compra 0km, roda uns 50.000km coloca mais 5 ou 7 mil reais em cima e troca por outra 0km.

    Com o carro você roda uns 80.000km e tem que colocar mais uns 20.000 reais no mínimo para pegar outro 0km.

    Isso se tiver o valor para dar a vista, se for parcelado pode colocar quase o dobro em cima só de juros. Ou seja, a moto você acabaria pagando uns 11 mil a mais e no carro uns 33 mil

    No caso o valor do bem é maior, então a desvalorização também é. E veículo nenhum nunca é investimento, está sempre em constante depreciação.
    Esse caso é interessante realmente para quem mora em grandes centros urbanos... Já eu tenho moto justamente pensando no bolso, porque não tenho boas condições e moto ajuda nesse quesito quando é baixa cc. Porém para viajar, acaba sendo problemático o conforto e o consumo, se for além do limite de velocidade que a moto é preparado para andar. Maneiro as informações da galera do tópico. Interessante essa ideia de km/custo

  9. #54
    Novato Avatar de WillShaks
    Data de Ingresso
    Dec 2016
    Localização
    Itapema SC
    Idade
    26
    Posts
    17
    A grande diferença está nos motores, os automóveis possuem motores mais robustos e com geralmente 4 cilindros, aproveitam melhor a queima do combustível e tem maior desempenho, porém a massa inerte é muito maior que nas duas rodas, que geralmente têm motor monocilíndrico porém são mais leves. A chegada da injeção eletrônica nas motos de baixa cilindrada estão melhorando esta diferença de consumo carros-motos, deixando ainda mais imbatíveis as pequenas notáveis, que há muuuuito tempo surram os automóveis na questão de gastos com manutenção e tempo de deslocamento em grandes centros, o que provavelmente nunca irá mudar.
    Além disso é válido considerar que uma motocicleta custa geralmente 1/5 do valor de um automóvel.
    A velha lei continua em pé: carros têm maior segurança e conforto, motocicletas são imbatíveis na economia e agilidade.

    Um motoabraço!
    WillShaks

    "Pior do que nunca terminar uma viajem é nunca ter partido."

    Yamaha YBR 2008 Guerreira!

  10. #55
    Motociclista Avatar de Ctrl-Alt-Del
    Data de Ingresso
    Jun 2016
    Localização
    São Paulo - SP
    Posts
    591
    No fórum de Yamaha onde sou moderador não é difícil encontrar proprietários que rodam com YBR ou YBR Factor mais de 160.000 km e depois fazem só a parte de cima.

    Claro que há os pontos fora da curva, os tais que não fazem manutenção, não trocam o óleo no tempo certo ou só completam e são verdadeiros cupins de ferro como dizem.

    Agora carro 1.0 rodar 300k sem fazer motor só se for em teste de laboratório. Para falar basta abrir a boca.

    Outro dia apareceu uma figura que disse que andou 2 milhões de quilômetros numa Factor sem fazer motor. Quanto mais eu rezo mais assombração me aparece.
    Crtl-Alt-Del

  11. #56
    Motociclista Avatar de 2weels
    Data de Ingresso
    Nov 2011
    Localização
    SP-Interior
    Idade
    33
    Posts
    781
    Citação Postado originalmente por andersonpg Ver Post
    Teu carro é bom hein?

    O meu com 100.000km já troquei embreagem a pouco tempo, pastilhas de freio duas vezes, disco de freio, válvula termostática 3 vezes, carcaça da válvula termostática, travas elétricas das portas traseiras que caducavam de vez em quando, correia dos acessórios, rolamentos tensores das correias, rolamentos das rodas, amortecedores e buchas dianteiro e traseiro, pneus 2 vezes, todos os fluidos, óleo caixa, DH, fluido freio, liquido, arrefecimento, jogo de velas e cabos 2 vezes, filtro de combustível umas 3 vezes, bateria 2 vezes, surdina escapamento várias vezes, balança da suspensão dianteira e pivô umas 3 vezes, motor do limpador queimou a muito tempo atrás e tive que trocar, coifas da homocinética e da ponta do eixo. Acho que só...

    - - - Updated - - -

    Sapata de freio traseiro uma vez também, barras axiais da direção uma vez...
    Ah nada de mais... peguei ele zero, andei ate hj 95% do tempo nas rodovias Dom Pedro, Anhanguera e Washington Luis, todas lisinhas sem buracos, onde vc poe 5° e vai eternamente a 100-120km/h. O desgaste é minimo.
    Yamaha XVS950A MidnightStar

  12. #57
    Motociclista
    Data de Ingresso
    Aug 2016
    Localização
    Porto Alegre - RS
    Idade
    33
    Posts
    842
    Citação Postado originalmente por 2weels Ver Post
    Ah nada de mais... peguei ele zero, andei ate hj 95% do tempo nas rodovias Dom Pedro, Anhanguera e Washington Luis, todas lisinhas sem buracos, onde vc poe 5° e vai eternamente a 100-120km/h. O desgaste é minimo.
    Ah bom. O meu eu também peguei 0km. Rodei bem mais da metade desses 100.000 km dentro da cidade. Algumas vezes com engarrafamentos absurdos, protestos e etc... E quando ando em estrada também muitas vezes pego algumas estradas ruins... Ou subidas de serra...
    Mas o motor está como 0km. Não baixa uma gota de óleo, aliás nenhum dos fluidos baixa nada, motor sereno e silencioso. Acho que roda mais uns 100.000 sem fazer muita coisa, tanto motor quanto o resto.

    Ah! Já troquei a bomba dágua também. Que no caso dos Ford Rocam, costuma durar 50 ou 60 mil km.

    - - - Updated - - -

    Citação Postado originalmente por Ctrl-Alt-Del Ver Post
    Para falar basta abrir a boca.
    Falar até papagaio fala.

    - - - Updated - - -

    É, carro da bem mais manutenção de peças que moto, são muitas coisinhas. E tudo custa caro.
    Fazer 250 Blueflex

  13. #58
    Usuário de motoneta Avatar de Alex-BH
    Data de Ingresso
    May 2010
    Localização
    BH/MG
    Idade
    30
    Posts
    275
    Acho que nem vale a pena comparar MotoxCarro, moto é infinitamente mais econômica em relação a tudo, e carro que faz 20km por litro nunca vi.
    tenho um Palio fire economy 2010, ta fazendo 12,13 por litro.
    Estou sem moto no momento e vou comprar outra logo...

  14. #59
    Motociclista
    Data de Ingresso
    Aug 2016
    Localização
    Porto Alegre - RS
    Idade
    33
    Posts
    842
    Porém algumas coisas nas motos são super faturadas.

    Acho pneus caros, bateria, motor de arranque....

    Em compensação carro também tem algumas peças que são um absurdo...
    Fazer 250 Blueflex

  15. #60
    Piloto de moto Avatar de Vulcan
    Data de Ingresso
    Oct 2014
    Localização
    curitiba - PR
    Idade
    28
    Posts
    3.983
    Citação Postado originalmente por williansgoo Ver Post
    Isso é algo que me intrigou tbm e me fez pesquisar e cai aqui. Acho pessoalmente, extremamente ruim essa questão das motos beberem tanto. Uma moto 1000cc faz mt menos que um carro praticamente. E fora que um carro 1.0 (alguns) facilmente chegam a 140km/h e as 250cc não chegam fácil à essa velocidade bebendo pouco menos que o carro ... Na minha opinião, seria interessante fabricar motos com menos força e partir mais em prol desse quesito entre consumo/velocidade; Um carro desenvolve bem, sem forçar e chega em boas velocidades, o que ajuda mt em viagens.

    Obs; Agora que tem algumas melhoras nas motos novas, que por exemplo vi que a CB500F tem uma boa média de consumo
    são poucas as motos que realmente tem melhorias nessa questão e nosso combustível cada vez mais zoado não ajuda a identificar os melhores motores. particularmente vejo a duke 200 como moto urbana de alto desempenho (e tecnologia) que ainda consegue ser econômica (diferente da 390 gastona), mostrando como uma moto devidamente atualizada pode ser.

    Citação Postado originalmente por Ctrl-Alt-Del Ver Post
    Caracas vocês desenterraram um tópico, mas de discussão interessante.

    Há várias abordagens sobre o assunto. Vou tocar somente no aspecto do aspecto econômico. Porque eu gosto de desenvolver planilhas que se tornaram verdadeiros programas. Pois bem, não existe um automóvel com menos de 10 anos de uso que tenha um custo total em R$/km rodado inferior a R$ 1,30. A base de cálculo para comparação é de 13.000 km/ano.

    No caso de minha Factor 125, o custo total do km rodado é de R$ 0,51/ km. O combustível não chega a representar 18% do custo total.

    No frigir dos ovos são veículos com propostas diferentes e para necessidades distintas. Mas para se deslocar em grandes centros hoje não consigo imaginar uma solução mais ágil.
    pra comparação, minha biz gasta mais gasolina que sua factor mas o custo pra rodar está perto de R$0,40/km (perto por que fucei uma cacetada de coisa na moto e fica difícil contabilizar tudo mas contabilizo as manutenções em preços das peças já modificadas)

    - - - Updated - - -

    ah sim, eu mesmo faço a manutenção da biz. isso deve reduzir um bocado o custo por km rodado...
    Citação Postado originalmente por andersonpg Ver Post
    Porém algumas coisas nas motos são super faturadas.

    Acho pneus caros, bateria, motor de arranque....

    Em compensação carro também tem algumas peças que são um absurdo...
    infelizmente as fabricantes (ou midia ou a propria cultura ou sei lá) colocam a imagem da moto como lazer e não mais em veículo utilitário de transporte... isso aumenta muito o preço dos consumíveis pois as pessoas deixam de andar (tanto) de moto e consequentemente perceber qual peça é boa ou ruim. além claro do isolamento dentro dos carros que fecha o pensamento das pessoas fazendo seguir a idéia de "ser é ter".
    Antigamente eu tinha sonhos, agora nem durmo mais.
    moto: (ex) biz 125 remendada
    kasinski mirage 250 EFI
    Óleo: http://www.pequenasnotaveis.net/threads/49600
    http://www.pequenasnotaveis.net/threads/47126
    suspa: http://www.pequenasnotaveis.net/threads/49837
    buras: http://www.pequenasnotaveis.net/threads/49973

 

 

Permissões de Postagem

  • Você não pode iniciar novos tópicos
  • Você não pode enviar respostas
  • Você não pode enviar anexos
  • Você não pode editar suas mensagens
  •