Welcome guest, is this your first visit? Click the "Create Account" button now to join.

User Tag List

Página 4 de 11 PrimeiroPrimeiro ... 23456 ... ÚltimoÚltimo
Resultados 46 a 60 de 160
  1. #46
    Motociclista Avatar de betocampana
    Data de Ingresso
    May 2015
    Localização
    Assis - SP
    Posts
    546
    XRE 300 é o mesmo motor da CB 300, até onde sei. Alguém virá confirmar isso hahah

    Eu iria fácil de ter como única moto a Fazer 250, pelo racional, é uma moto que vc pode ter pro resto da vida. Inclusive ainda é meu objetivo final. Uma Fazer 2012 ou mais nova, porém não necessariamente zero km. Eu não pagaria 14k em uma 250 hahah

    Tive essa mesma dúvida de escolha da moto quando ~voltei pro mundo das duas rodas~ em 2013. Acabei pegando uma CG 150 mais pelo lado racional que qualquer coisa, e até hoje considero pegar uma Fazer 250 pra cidade/economia - a CG é bem mais econômica, eu mesmo consigo realizar a manutenção, porém é muito lenta e saltitante. Razão demais é entediante.

    Depois de dois anos fui escolher uma moto maior, até uns $18.000, e tinha escolhido como opções as 500 da Honda e Suzuki, a Fazer, a Teneré 250, a Falcon 400, e até a CB 450. Não sou fã de quatro cilindros e carenagens, então fugi das esportivas. Considerei sempre ter garupa, em um peso total de 140kg. Acabei escolhendo uma Shadow 600, ano 2012, que comprei pra viagens (mentira, puramente pelo emocional). Que no fim das contas só anda em final de semana. Mas é um sonho realizado, a gente trabalha pacas e quer ter algum prazer como retorno.

    No dia a dia ando de CG 150, porém meu percurso dá apenas cerca de 20~25 km diários. Escolhi manter a CG 150 (que será uma Fazer 250 em um ou dois anos,por conforto e potência), tendo as pequenas mais em razão do custo de manutenção que de combustível - uma pastilha de freio, uma troca de óleo, um pneu da Shadow custariam de 3 a 10 vezes o de uma CG ou Fazer - além de serem facilmente substituíveis por peças paralelas confiáveis, ainda mais em conta. E uma CG custa o que, 4 mil? Dá quatro pneus traseiros da Shadow, entre três e quatro anos apenas a economia no pneu traseiro paga a pequena hahah

    Por mais que a Shadow 600 tenha um custo de manutenção até baixo, e seja econômica (18km/l na cidade, mais de 20km/l na estrada), nada supera a agilidade e o baixíssimo custo de uma pequena na cidade. Como você quer andar com garupa, considere uma 250cc inicial, pra ter pro resto da vida. Vale muito a pena, em economia, praticidade e emoção.
    Eu não gosto de motos trail com garupa, a frente fica alta, o amortecedor traseiro some, muito chato. Trail é moto pra andar sozinho, na minha humilde opinião.

    Depois de um tempo, se você quer apenas uma alta cilindrada esportiva, considere as 500 da Suzuki ou Honda, novas ou usadas, ótimos desempenhos e agilidade em cidade e estrada - ou caso queira mesmo quatro cilindros, sigo a escolha do pessoal, a Bandit.


    ** edit: eu teria a CB 300 como única moto, sem comprar a Shadow, caso a mecânica fosse confiável. Gosto muito da moto, a garupa não é ruim, o desempenho é bom, mas isso de andar com medo de trincas no cabeçote eu não pago pra ver. Sou fã de confiabilidade mecânica, por isso sou fã da Fazer e das custom.
    Última edição por betocampana; 05-09-16 às 20:41.
    Quando vires um homem bom, tente imitá-lo;
    Quando vires um homem mau, examina-te a ti mesmo.

    ________________
    Honda CG ESD kit 190 Athena

  2. #47
    Usuário de motoneta Avatar de allanjader
    Data de Ingresso
    Jun 2012
    Localização
    Vitória da Conquista - Bahia
    Idade
    26
    Posts
    166
    Citação Postado originalmente por betocampana Ver Post
    XRE 300 é o mesmo motor da CB 300, até onde sei. Alguém virá confirmar isso hahah

    Eu iria fácil de ter como única moto a Fazer 250, pelo racional, é uma moto que vc pode ter pro resto da vida. Inclusive ainda é meu objetivo final.
    Tive essa mesma dúvida de escolha da moto quando ~voltei pro mundo das duas rodas~ em 2013. Acho entediante andar de 125cc, então pensei em uma 250. Acabei pegando uma CG 150 mais pelo lado racional que qualquer coisa, e até hoje considero pegar uma Fazer 250 pra cidade/economia - a CG é bem mais econômica, eu mesmo consigo realizar a manutenção, porém é muito lenta e saltitante.

    Tenho também uma Shadow 600 que comprei pra viagens (mentira, puramente pelo emocional) custando 15.000 reais, 2002, em ótimo estado. Que no fim das contas só anda em final de semana. Mas é um sonho realizado, a gente trabalha pacas e quer ter algum prazer como retorno.

    No dia a dia ando de CG 150, porém meu percurso dá apenas cerca de 20~25 km diários. Escolhi manter a CG 150 (que será uma Fazer 250 em um ou dois anos,por conforto e potência), tendo as pequenas mais em razão do custo de manutenção que de combustível - uma pastilha de freio, uma troca de óleo, um pneu da Shadow custariam de 3 a 10 vezes o de uma CG ou Fazer - além de serem facilmente substituíveis por peças paralelas confiáveis, ainda mais em conta. E uma CG custa o que, 4 mil? Dá quatro pneus traseiros da Shadow, só considerando o pneu, entre três e quatro anos se paga hahah

    Por mais que a Shadow 600 tenha um custo de manutenção até baixo, e seja econômica (18km/l na cidade, mais de 20km/l na estrada), nada supera a agilidade e o baixíssimo custo de uma pequena na cidade. Como você quer andar com garupa, considere uma 250cc inicial, pra ter pro resto da vida. Vale muito a pena, em economia, praticidade e emoção.
    Eu não gosto de motos trail com garupa, a frente fica alta, o amortecedor traseiro some, muito chato. Trail é moto pra andar sozinho, na minha humilde opinião.

    Depois de um tempo, considere se você quer apenas uma alta cilindrada - nesse caso recomendo as 500 da Suzuki ou Honda, ótimos desempenhos e agilidade em cidade e estrada - ou caso queira mesmo quatro cilindros, sigo a escolha do pessoal, a Bandit.
    Compartilho do mesmo ciclo de evolução, só que em vez da Shadow comprei um carro, rs, a próxima pequena imagino sendo uma 500cc Honda/Suzuki ou Ninjinha 300.

    Eu no lugar do anderson não me prenderia ao ABS, acho muito caro esse item quando se pode ter o mesmo resultado sabendo usar bem o freio, exceto no caso de emergências onde o tempo de frenagem é valioso mas esta é uma situação que se pode evitar quando se é prudente.
    Última edição por allanjader; 05-09-16 às 20:35.

  3. #48
    Motociclista
    Data de Ingresso
    Aug 2016
    Localização
    Porto Alegre - RS
    Idade
    33
    Posts
    673
    Tu chegou na mesma conclusão que eu. Uma moto mais barata para o dia a dia, e depois se gostar, outra para diversão. E como tu bem disse, eu até hoje só trabalhei igual a um "burro nos campos" como já dizia a letra de Marvin dos Titãs. Quero alguma diversão na vida.

    Só que agora coloquei esse ABS na cabeça, vi vários testes... e nem a Fazer nem a Bandit tem. Se não com certeza seriam as duas opções sem pensar 2 vezes.

    Vi que tem para vender um cabeçote para cb e xre 300 que vai uma vela mais fina, porque ele tem a parede mais grossa, pois parece que a Honda corrigiu o problema da trinca do cabeçote a partir de 2013. Se for esse o maior problema, é comprar uma a partir de 2013, ou anterior e se der o problema, trocar o cabeçote que custa 700 reais.

    - - - Updated - - -

    Citação Postado originalmente por allanjader Ver Post
    Compartilho do mesmo ciclo de evolução, só que em vez da Shadow comprei um carro, rs, a próxima pequena imagino sendo uma 500cc Honda/Suzuki ou Ninjinha 300.

    Eu no lugar do anderson não me prenderia ao ABS, acho muito caro esse item quando se pode ter o mesmo resultado sabendo usar bem o freio, exceto no caso de emergências onde o tempo de frenagem é valioso mas esta é uma situação que se pode evitar quando se é prudente.
    Pois é, eu pensei isso, mas o problema é na hora do susto, ou em piso molhado, areia na pista.... Com o carro mesmo já me aconteceu de frear e a roda travar, imagina em uma moto que são duas rodas a menos no chão, pode ser a pouca diferença entre cair um tombo ou não.

    Mas também não sei ao certo, isso é outra coisa que só a experiência poderia me dizer. Se fosse um carro por exemplo, eu não me prenderia a isso, mas moto um dos motivos (o principal) de não ter comprado até hoje foi o medo de acidente.
    Última edição por andersonpg; 05-09-16 às 20:46.

  4. #49
    Motociclista Avatar de betocampana
    Data de Ingresso
    May 2015
    Localização
    Assis - SP
    Posts
    546
    De fato, já travei a roda traseira da Shadow freando em esquinas - e na cidade, em ruas de pouco movimento, ando no máximo a 50km/h em ruas comuns, fora de avenidas, onde é mais comum alguém atravessar uma parada obrigatória e te acertar.
    Não foi nenhum susto grande, assim que percebi o travamento aliviei o freio, o que para a moto mesmo é o dianteiro que raramente trava, blá blá blá, mas nenhuma vez foi situação de real emergência, em velocidade alta. ABS deve mesmo fazer diferença na cidade, especialmente o ABS traseiro em um freio a disco potente como o das motos maiores. Na estrada, faz bem menos diferença. [Falei besteira aqui, ignorem hahah]
    Parece que a XRE 190 só tem freio ABS na dianteira. Precisa ver na moto que vc vai escolher.

    Li ali atrás, e lembrando que também já enrolei o cabo em esquina com bem pouca areia e a moto deu aquela saída esperta de traseira. Demora uns dias pra acostumar com o torque hahah mas uma 4cilindros será uma experiência meio que perigosa mesmo quando você acostumar com a 250cc.

    Se estiver com ABS como foco, considere a Twister 250 atual. É cara, mas parece uma boa moto. Seria minha opção à Fazer. Mas não sei se nas pequenas faz taaaanta diferença assim. Na CG não sinto falta, na Shadow em cidade, talvez.

    Ah, o seguro da shadow é baixo por ser custom, mas você tem as características pra ter um seguro bem em conta pra sua alta cilindrada. A minha ficou entre 800 a 850, seguro total. Dependendo da probabilidade de assaltos e do preço da sua moto, vale a pena considerar também o valor do seguro no custo/benefício.
    Última edição por betocampana; 10-09-16 às 12:43.
    Quando vires um homem bom, tente imitá-lo;
    Quando vires um homem mau, examina-te a ti mesmo.

    ________________
    Honda CG ESD kit 190 Athena

  5. #50
    Motociclista experiente Avatar de irai
    Data de Ingresso
    Apr 2012
    Localização
    Tramandaí - RS
    Idade
    31
    Posts
    2.614
    O ABS faz sem dúvidas uma baita diferença em situações de risco, principalmente na roda dianteira, já que escapadas de traseira são fáceis de corrigir, depois que o cara pega a manha, não é um problema travar a roda traseira, mas na dianteira o bicho pega, é bem difícil controlar uma travada da roda dianteira, até porque a reação da moto ao tranca-la é muito mais rápida, e pode não dar tempo mesmo de fazer qualquer coisa.
    Claro que magrao vai falar que basta aprender a frear e tal, que o ABS se torna desnecessário, até é um pouco de verdade, mas se há a opção desse sistema, não há porque ignorá-lo, é um bom auxílio na segurança.
    Mas também acho um pouco demais pautar a escolha da moto por isso, no caso de Fazer/CB3, ao escolher a CB, perdes uma moto mais confortável, confiável, econômica e ágil, em troca do Abs, não me parece que compensa.
    Quer uma moto boa com Abs e que não seja caríssima, procura uma Ninjinha usada.
    Intruder 125
    GSR 150i
    Next 250
    GS 500
    Rumo às 1000cc, eheh...
    Hoje 4 rodas...: Vectra 2.2 8v

  6. #51
    Motociclista
    Data de Ingresso
    Jan 2008
    Localização
    Niterói - RJ
    Idade
    39
    Posts
    884
    Pega uma Yamaha NMax 160 que tem ABS de série...

  7. #52
    Motociclista Avatar de betocampana
    Data de Ingresso
    May 2015
    Localização
    Assis - SP
    Posts
    546
    Citação Postado originalmente por irai Ver Post
    O ABS faz sem dúvidas uma baita diferença em situações de risco, principalmente na roda dianteira, já que escapadas de traseira são fáceis de corrigir, depois que o cara pega a manha, não é um problema travar a roda traseira, mas na dianteira o bicho pega, é bem difícil controlar uma travada da roda dianteira, até porque a reação da moto ao tranca-la é muito mais rápida, e pode não dar tempo mesmo de fazer qualquer coisa.
    O ABS faz muita diferença mesmo na dianteira? Não é nem um desafio ou ironia hahah é que nunca tive ABS mesmo, e tenho impressão de que em uma parada de emergência a traseira vai embora facil, mas a dianteira tá sempre ali firme.
    Ou, talvez até me respondendo, seria pra um ocasional dia de chuva em asfalto liso?

    De qualquer forma, concordo com sua frase, se tivesse a opção de ABS pra minha moto eu pegaria.
    mas se há a opção desse sistema, não há porque ignorá-lo, é um bom auxílio na segurança.
    Quando vires um homem bom, tente imitá-lo;
    Quando vires um homem mau, examina-te a ti mesmo.

    ________________
    Honda CG ESD kit 190 Athena

  8. #53
    Motociclista experiente Avatar de irai
    Data de Ingresso
    Apr 2012
    Localização
    Tramandaí - RS
    Idade
    31
    Posts
    2.614
    Citação Postado originalmente por betocampana Ver Post
    O ABS faz muita diferença mesmo na dianteira?
    Principalmente na dianteira.
    De fato a roda traseira trava mais fácil, mas acontece que uma escapada de traseira é mais previsível, e mais fácil de controlar, a moto mantém-se sob razoável controle mesmo com a roda traseira travada. Mas com a dianteira travada perde-se completamente o controle, instantes antes do travamento a frente já está tremendamente pesada devido ao deslocamento de massas provocado pela desaceleração brusca, quando a roda trava e perde-se a aderência com o solo, tem-se toda essa tenção fora de controle, o pneu escorrega para qualquer um dos lados, como o piloto está sustentando boa parte de seu peso nos braços, pra resistir às forças da frenagem, dificilmente conseguirá compensar o desequilíbrio da moto, e tudo isso é muito rápido.
    Claro que a dianteira não trava assim fácil, mas asfalto molhado, areia na pista ou coisas assim, podem fazer a dianteira derrapar.
    Em asfalto seco, com pneus de qualidade e em bom estado, digo que o ABS é dispensável, ele faz diferença mesmo é em condições adversas.
    Intruder 125
    GSR 150i
    Next 250
    GS 500
    Rumo às 1000cc, eheh...
    Hoje 4 rodas...: Vectra 2.2 8v

  9. #54
    Piloto de moto Avatar de Vulcan
    Data de Ingresso
    Oct 2014
    Localização
    curitiba - PR
    Idade
    28
    Posts
    3.875
    Citação Postado originalmente por irai Ver Post
    A CB3 tem problemas sérios de confiabilidade mecânica. O cabeçote não foi dimensionado para a moto e trinca com muita frequência, não são raros os relatos de proprietários que trocaram algumas vezes o cabeçote em poucas dezenas de quilômetros. Claro, há alguns premiados que não passaram por isso, mas de forma geral, é uma moto com pouca robustez mecânica e baixa durabilidade.
    coloca o motor da twister queauheuahefiusaphuwpjqbagpriofuahbgrpiuqwgt

    Citação Postado originalmente por andersonpg Ver Post
    Putz, que pena. E são as que mais se acham para vender, como toda Honda, vendeu bastante.

    Será que as XRE 300 2016 também tem esse problema? Ou mantiveram o mesmo cabeçote? Pois se tiraram a cb300 de linha por causa do motor, não faz sentido manter o mesmo motor em produção na XRE.

    Pior que o preço da Twister 2016 usada é praticamente o preço da 0km, e 0km eu acho muito caro.
    diz a lenda, que arrumaram o problema nas ultimas CBs também, mas... MAAAASSSSS.... XD
    Antigamente eu tinha sonhos, agora nem durmo mais.
    moto: biz 125 remendada
    kasinski mirage 250 EFI
    Óleo: http://www.pequenasnotaveis.net/threads/49600
    http://www.pequenasnotaveis.net/threads/47126
    suspa: http://www.pequenasnotaveis.net/threads/49837
    buras: http://www.pequenasnotaveis.net/threads/49973

  10. #55
    Motociclista
    Data de Ingresso
    Aug 2016
    Localização
    Porto Alegre - RS
    Idade
    33
    Posts
    673
    No freio traseiro o abs parece que mais atrapalha do que ajuda: https://youtu.be/-2joC5HFERw

    No freio dianteiro: https://youtu.be/s8pktiAXG9Q

  11. #56
    Motociclista Avatar de betocampana
    Data de Ingresso
    May 2015
    Localização
    Assis - SP
    Posts
    546
    Citação Postado originalmente por andersonpg Ver Post
    No freio traseiro o abs parece que mais atrapalha do que ajuda: https://youtu.be/-2joC5HFERw

    No freio dianteiro: https://youtu.be/s8pktiAXG9Q
    "Porém o cuidado que deve ter para motos Trail, esportivas e nakeds é não deixar a traseira da moto subir dando a possibilidade do piloto ser ejetado da moto e cair de queixo no chão"

    Achei meio sensacionalista


    Mas com a dianteira travada perde-se completamente o controle, instantes antes do travamento a frente já está tremendamente pesada devido ao deslocamento de massas provocado pela desaceleração brusca, quando a roda trava e perde-se a aderência com o solo, tem-se toda essa tenção fora de controle, o pneu escorrega para qualquer um dos lados, como o piloto está sustentando boa parte de seu peso nos braços, pra resistir às forças da frenagem, dificilmente conseguirá compensar o desequilíbrio da moto, e tudo isso é muito rápido.

    De fato, vou até editar pra não ficar info errada ali, sorry (como colocar o efeito de riscado por cima das letras, no forum? <. s >) ?


    coloca o motor da twister queauheuahefiusaphuwpjqbagpriofuahbgrpiuqwgt
    Não dá ideeeeiaaa...
    Quando vires um homem bom, tente imitá-lo;
    Quando vires um homem mau, examina-te a ti mesmo.

    ________________
    Honda CG ESD kit 190 Athena

  12. #57
    Usuário de motoneta Avatar de CONKER
    Data de Ingresso
    Feb 2013
    Localização
    Manaus - AM
    Idade
    30
    Posts
    346
    Como a utilização da moto será no dia a dia e nos finais de semana poder pegar uma estrada com a patroa, acredito que uma trail 250cc lhe servirá bem.

    Abs.

    Ex-Titan ESD azul 03'
    Twister amarela 08' "Loira Bandida" - Rumo aos 100.000km's


    "É, fácil demais, viver em paz, agente é que complica tudo..." Thalles Roberto

  13. #58
    Piloto de moto Avatar de Vulcan
    Data de Ingresso
    Oct 2014
    Localização
    curitiba - PR
    Idade
    28
    Posts
    3.875
    Citação Postado originalmente por andersonpg Ver Post
    No freio traseiro o abs parece que mais atrapalha do que ajuda:

    No freio dianteiro:
    hmmm.... bom, ABS é exatamente isso neh, evita de travar a roda.
    não é um dispositivo que vai fazer o freio traseiro freiar como o dianteiro... eu ainda acho útil quando a pista está precária mas se tiver que escolher entre apenas dianteiro OU taseiro, iria de ABS dianteiro (será que evita cambalhota?).
    Antigamente eu tinha sonhos, agora nem durmo mais.
    moto: biz 125 remendada
    kasinski mirage 250 EFI
    Óleo: http://www.pequenasnotaveis.net/threads/49600
    http://www.pequenasnotaveis.net/threads/47126
    suspa: http://www.pequenasnotaveis.net/threads/49837
    buras: http://www.pequenasnotaveis.net/threads/49973

  14. #59
    Usuário de motoneta Avatar de allanjader
    Data de Ingresso
    Jun 2012
    Localização
    Vitória da Conquista - Bahia
    Idade
    26
    Posts
    166
    Citação Postado originalmente por Vulcan Ver Post
    hmmm.... bom, ABS é exatamente isso neh, evita de travar a roda.
    não é um dispositivo que vai fazer o freio traseiro freiar como o dianteiro... eu ainda acho útil quando a pista está precária mas se tiver que escolher entre apenas dianteiro OU taseiro, iria de ABS dianteiro (será que evita cambalhota?).
    Acredito que seja mais dificil de fazer o RL(stoppie) pois mesmo que você queira dar aquela freada brusca de quase travar a roda ela fica forçando o giro.

  15. #60
    Motociclista
    Data de Ingresso
    Aug 2016
    Localização
    Porto Alegre - RS
    Idade
    33
    Posts
    673
    Citação Postado originalmente por Vulcan Ver Post
    hmmm.... bom, ABS é exatamente isso neh, evita de travar a roda.
    não é um dispositivo que vai fazer o freio traseiro freiar como o dianteiro... eu ainda acho útil quando a pista está precária mas se tiver que escolher entre apenas dianteiro OU taseiro, iria de ABS dianteiro (será que evita cambalhota?).
    Sim, o dianteiro sempre vai freiar mais, com ou sem abs.

    Mas no caso da roda traseira, como o peso vai todo para roda dianteira e ela fica leve, o abs vai freiar menos do que sem abs, nesse caso o abs só evitaria de a roda traseira travar e perder a traseira da moto.

    Tanto é que em motos trail em pista de terra, o pessoal sempre desliga o abs. Também existem situações que o abs pode aumentar a distância de frenagem, como em pista remendada, com costelas de vaca, buracos e etc... Em carro é a mesma coisa, tanto é que a Amarok tem um sistema de freio ABS só para estrada de terra.

    - - - Updated - - -

    Tem um site sobre automobilismo que eu leio a bastante tempo, e alguns jornalistas, entre eles ex pilotos, não gostam de abs.
    Nessa matéria eles explicam porque.

    http://www.autoentusiastasclassic.co...blues.html?m=1

    http://www.autoentusiastasclassic.co...divel.html?m=1
    Última edição por andersonpg; 07-09-16 às 16:52.

 

 

Tópicos Similares

  1. Ajuda com equipamentos para iniciar no mundo das 2 rodas.
    Por daniandrew no fórum Equipamentos de Segurança
    Respostas: 7
    Último Post: 24-08-15, 09:35
  2. De volta ao mundo das 2 rodas!(Atualizado)
    Por kbecao_bnu no fórum Área de debate
    Respostas: 2
    Último Post: 22-08-11, 15:29
  3. Volta ao mundo em duas rodas
    Por motorBIZ no fórum Motos do Mundo
    Respostas: 9
    Último Post: 13-04-10, 02:27

Permissões de Postagem

  • Você não pode iniciar novos tópicos
  • Você não pode enviar respostas
  • Você não pode enviar anexos
  • Você não pode editar suas mensagens
  •