Welcome guest, is this your first visit? Click the "Create Account" button now to join.

User Tag List

Página 1 de 2 12 ÚltimoÚltimo
Resultados 1 a 15 de 17
  1. #1
    Novato
    Data de Ingresso
    Apr 2013
    Idade
    32
    Posts
    30

    Question Temperatura de trabalho das CG 150 injetadas?

    Boa tarde pessoal. MUITO se fala sobre problema de aquecimento e que o óleo 10w30 não serviria para esse tipo de moto(CG's 150 flex injetadas, 2012 em diante) devido ao clima do país e etc.. Mas não é sobre o óleo que quero saber.
    Pesquisei MUITO e não encontrei qual a TEMPERATURA DE TRABALHO(o normal depois que ela esquenta, ou seja, o ideal) do motor dessas motos, varia de quanto a quanto. Sei que quando o sensor EOT(temp. do óleo dá pau) a moto adota como temp. padrão 151ºC, mas CREIO que esse seja uma espécie de valor "limite". Sei que ela adota isso visando NÃO afogar a moto nas partidas a frio, o que impossibilitaria o uso da mesma.
    Mas o que quero saber, qual o valor(entre X e Y) da temperatura de trabalho desses motores(do motor e não dentro do cilindro), e onde se conseguiu tal informação, pois não queria valores por "achismo" e sim coisa técnica mesmo. MUITO OBG a TODOS! Abraço amigos...

  2. #2
    Como você pode ver nesse vídeo (após os 45 segundos), usando uma câmera térmica dá pra ver que a temperatura não é regular em todo motor.



    Aliás, ótimo vídeo pra se entender a importância de sempre usar o óleo correto e verificar periodicamente o nível.

    Nesse caso ai, a temperatura de trabalho era de 284~285ºC na câmara de combustão. Não acho que mude muito de motor pra motor, considerando que todos são feitos do mesmo material e usando o mesmo combustível.

    E sim, como também dá pra ver, um motor sem óleo e um com óleo 10w30 trabalham na mesma temperatura, mas no final dá pra ver o quanto de partículas metálicas o motor sem óleo soltou.


    Resumindo: não tenho a resposta pra sua principal pergunta, mas acho que avançamos em algo e esclarecemos algumas coisas.
    TITAN 07/08 ESD

  3. #3
    Novato
    Data de Ingresso
    Apr 2013
    Idade
    32
    Posts
    30
    Citação Postado originalmente por gabrielgeromel Ver Post
    Como você pode ver nesse vídeo (após os 45 segundos), usando uma câmera térmica dá pra ver que a temperatura não é regular em todo motor.



    Aliás, ótimo vídeo pra se entender a importância de sempre usar o óleo correto e verificar periodicamente o nível.

    Nesse caso ai, a temperatura de trabalho era de 284~285ºC na câmara de combustão. Não acho que mude muito de motor pra motor, considerando que todos são feitos do mesmo material e usando o mesmo combustível.

    E sim, como também dá pra ver, um motor sem óleo e um com óleo 10w30 trabalham na mesma temperatura, mas no final dá pra ver o quanto de partículas metálicas o motor sem óleo soltou.


    Resumindo: não tenho a resposta pra sua principal pergunta, mas acho que avançamos em algo e esclarecemos algumas coisas.
    Valeu pela resposta. Mas bem, realmente o que eu quero saber é a temperatura de trabalho do motor em si. E sei que não é regular, por isso normalmente se determina entre um valor mínimo e máximo, é justamente essa média que quero saber. Nas grandes é fácil, tem no painel(em tempo real) e os manuais delas tb citam.. Já peguei o de serviço e tb não tem. Eita informação tinhosa essa viu, kkkk. VLW cara!

  4. #4
    Citação Postado originalmente por ROD1985 Ver Post
    Valeu pela resposta. Mas bem, realmente o que eu quero saber é a temperatura de trabalho do motor em si. E sei que não é regular, por isso normalmente se determina entre um valor mínimo e máximo, é justamente essa média que quero saber. Nas grandes é fácil, tem no painel(em tempo real) e os manuais delas tb citam.. Já peguei o de serviço e tb não tem. Eita informação tinhosa essa viu, kkkk. VLW cara!
    Você citou o manual e eu fui procurar no da minha. O manual de serviço dela (Titan 150 2007 ESD) diz:



    Não fala do motor em si, mas quando o óleo atinge 60ºC, o motor está na temperatura normal de funcionamento.

    Lembrando que o óleo desse modelo é um 20W50, não sei se pode ter diferença para a temperatura de m 10W30.

    Não estou conseguindo encontrar o manual de serviço da versão que você quer saber (CG 150 2012 injetada).
    TITAN 07/08 ESD

  5. #5
    Novato
    Data de Ingresso
    Apr 2013
    Idade
    32
    Posts
    30
    Citação Postado originalmente por gabrielgeromel Ver Post
    Você citou o manual e eu fui procurar no da minha. O manual de serviço dela (Titan 150 2007 ESD) diz:



    Não fala do motor em si, mas quando o óleo atinge 60ºC, o motor está na temperatura normal de funcionamento.

    Lembrando que o óleo desse modelo é um 20W50, não sei se pode ter diferença para a temperatura de m 10W30.

    Não estou conseguindo encontrar o manual de serviço da versão que você quer saber (CG 150 2012 injetada).
    Muito legal +gabrielgeromel! Não tinha visto isso ainda.. Tb queria MUITO encontrar esse manual. Só tenho até as 2010(CG) e Bros 2011(mesmo motor). Mas isso só me colocou mais dúvida, kkkk. Pq de maneira geral, os motores ciclo otto(carro/moto), na média ficam próximos de +/-100ºC. Depende de cada um mas, fica "perto" disto. Uns um pouco menos, outros um pouco mais..
    E como faleino 1º comentério, as injetadas adotam como estratégia 151ºC quando há problemas no sensor do óleo. Portanto, acho difícil nessas motos uma temperatura de trabalho de média de 60ºC, pq seria uma variação próxima a 100ºC, o que é muita coisa!
    *Apesar que realmente é fato, está claro no manual que vc postou que a temperatura normal de funcionamento do motor(e não do óleo, como citastes, acho q se enganou na hora de escrever, normal) a referência é 60ºC. Mas caramba, pq tamanha discrepância entre esses 2 valores? Será isso somente por causa da injeção(trabalhando "extremamente pobre", leva a maior temperatura do motor)? Caramba, complicado hein?! Mas obg pelo conteúdo, muito bacana!

  6. #6
    Citação Postado originalmente por ROD1985 Ver Post
    Muito legal +gabrielgeromel! Não tinha visto isso ainda.. Tb queria MUITO encontrar esse manual. Só tenho até as 2010(CG) e Bros 2011(mesmo motor). Mas isso só me colocou mais dúvida, kkkk. Pq de maneira geral, os motores ciclo otto(carro/moto), na média ficam próximos de +/-100ºC. Depende de cada um mas, fica "perto" disto. Uns um pouco menos, outros um pouco mais..
    E como faleino 1º comentério, as injetadas adotam como estratégia 151ºC quando há problemas no sensor do óleo. Portanto, acho difícil nessas motos uma temperatura de trabalho de média de 60ºC, pq seria uma variação próxima a 100ºC, o que é muita coisa!
    *Apesar que realmente é fato, está claro no manual que vc postou que a temperatura normal de funcionamento do motor(e não do óleo, como citastes, acho q se enganou na hora de escrever, normal) a referência é 60ºC. Mas caramba, pq tamanha discrepância entre esses 2 valores? Será isso somente por causa da injeção(trabalhando "extremamente pobre", leva a maior temperatura do motor)? Caramba, complicado hein?! Mas obg pelo conteúdo, muito bacana!
    Exato, errei hora de digitar e troquei óleo por motor.

    Mas enfim, esses 60ºC são a temperatura do bloco, e como nós vimos naquele vídeo, a temperatura não é regular. Então imagino que quando a parte externa está 60ºC, o interior deve passar dos 90ºC.

    Aliás, no manual diz motor, mas não especifica se é bloco do motor, cabeçote... Ai fica complicado.
    TITAN 07/08 ESD

  7. #7
    Novato
    Data de Ingresso
    Apr 2013
    Idade
    32
    Posts
    30
    Citação Postado originalmente por gabrielgeromel Ver Post
    Exato, errei hora de digitar e troquei óleo por motor.

    Mas enfim, esses 60ºC são a temperatura do bloco, e como nós vimos naquele vídeo, a temperatura não é regular. Então imagino que quando a parte externa está 60ºC, o interior deve passar dos 90ºC.

    Aliás, no manual diz motor, mas não especifica se é bloco do motor, cabeçote... Ai fica complicado.
    Eu imaginei esse engano +gabrielgeromel, normal demais isso, kkk.
    Mas nos motores a medição da temperatura de trabalho é feita no Bloco mesmo. Quanto a regularidade dela, é aquilo que falei, tem que ficar entre o mín e o máx. Nos carros(que tenho mais conhecimento), é tb através dessa temperatura que se chega ao diagnóstico(auxilia) de um problema em cabeçote, sistema de refrigeração, etc.. Creio que gire em torno dos +/-100ºC, talvez um pouco mais(120ºC), por isso o tal "pico" que a Injeção adote para o sensor(caso haja defeito) ser de 151ºC. O problema é que apenas creio, apesar de fortemente, é apenas "achismo" e não uma certeza. VLW!

  8. #8
    Eu esses dias mesmo estava afim de comprar aqueles termômetro pistola a laser no ML so pra ver esse tipo de coisa, sao baratinhos (nao é profissional claro) acho q vale a pena!!

  9. #9
    Motociclista
    Data de Ingresso
    Aug 2016
    Localização
    Porto Alegre - RS
    Idade
    33
    Posts
    842
    Nos carros a temperatura é medida na água do sistema de arrefecimento, e como vc bem disse, a temperatura normal de funcionamento é em torno dos 100 graus.

    Nas motos arrefecidas a ar, a temperatura é a do óleo, e a variação de temperatura é maior, mas fica em torno de 120 graus.

    A Fazer tem um modo de diagnóstico pelo painel que entre outras informações, mostra a temperatura do óleo.

    Já olhei isso na minha, a princípio achei a temperatura alta demais, mas vendo uns vídeos na internet parece que é isso mesmo. Também não achei nenhuma documentação oficial que diga qual a temperatura normal (do óleo) de funcionamento de motores de moto refrigerados a ar.

    Quanto a temperatura do motor, isso varia muito do local, próximo ao escape por exemplo chega a 300 graus fácil.




    - - - Updated - - -

    Acho que 150 graus é o limite sim, pois com 200 graus o óleo já vai pro saco, junto com o cabeçote e o resto.

    Não lembro exatamente o ponto de fulgor do óleo, tenho que ver aqui, mas se não me engano é +- 200 graus (depende do óleo)

    - - - Updated - - -

    E também obviamente se a temperatura da água é em torno de 100 graus, a temperatura do óleo está a mais que isso.
    Última edição por andersonpg; 30-11-17 às 17:51.
    Fazer 250 Blueflex

  10. #10
    Motociclista Avatar de Ctrl-Alt-Del
    Data de Ingresso
    Jun 2016
    Localização
    São Paulo - SP
    Posts
    590
    Em vários sítios sobre motores de "automóveis" encontrei como temperatura típica do motor 100° C, beleza isso vocês já sabiam que é a temperatura medida do líquido do sistema de arrefecimento.

    Porém em motores de autos a temperatura ideal de trabalho do óleo de motor está a partir e por volta de 80° C.

    Notem como o óleo do motor é importante principalmente para os motores de motocicletas que compartilham o mesmo óleo com embreagem, câmbio e o próprio motor. A situação é ainda mais dramática quando o motor é de refrigeração natural.

    Neste caso o controle de temperatura do motor é limitado, porque depende basicamente do fluxo de ar que ele recebe para trocar calor para resfriar o óleo e o próprio motor.

    Portanto o óleo de motor de motocicletas de cárter único e refrigeradas a ar. De longe é mais exigido devido ao cisalhamento que sofre ao passar por engrenagens do câmbio, discos de embreagem além de ter que cumprir o papel de lubrificar a parte de força e auxiliar na troca de calor.

    Em textos que encontrei fora do Brasil, reportaram que 130° C para esses motores pequenos já seria uma temperatura extrema. Quiçá mais de 140 e poucos graus como o cidadão reportou no vídeo. Quando andando de cabo enrolado.

    Para mim essa é mais uma evidência para compreender que essas motos pequenas não foram concebidas para trabalharem acima de 90 km/h. Mesmo as 250cc pouco acima de 100 km/h trabalhariam com o óleo bem acima da temperatura ideal para o óleo que seria por volta de 80° C.

    Agora 151° C já seria uma temperatura na qual o motor estaria além do limite seguro. Com peças extremamente dilatadas, quase isentas de folgas, gerando muito atrito e mais sobre aquecimento. O óleo acima da temperatura prevista como referência máxima que é 100° C. O que acelerará ainda mais a degradação dele e o desgaste do motor.
    Última edição por Ctrl-Alt-Del; 30-11-17 às 18:06.
    Crtl-Alt-Del

  11. #11
    Novato
    Data de Ingresso
    Apr 2013
    Idade
    32
    Posts
    30
    Citação Postado originalmente por General Dynamics Ver Post
    Eu esses dias mesmo estava afim de comprar aqueles termômetro pistola a laser no ML so pra ver esse tipo de coisa, sao baratinhos (nao é profissional claro) acho q vale a pena!!
    Então +Dynamics, realmente é bem interessante aqueles termômetros. Porém, eles medem a temperatura da superfície para onde são direcionados. O que dá para se ter uma ideia, mas o que queria mesmo era o valor exato.

    - - - Updated - - -

    Citação Postado originalmente por andersonpg Ver Post
    Nos carros a temperatura é medida na água do sistema de arrefecimento, e como vc bem disse, a temperatura normal de funcionamento é em torno dos 100 graus.

    Nas motos arrefecidas a ar, a temperatura é a do óleo, e a variação de temperatura é maior, mas fica em torno de 120 graus.

    A Fazer tem um modo de diagnóstico pelo painel que entre outras informações, mostra a temperatura do óleo.

    Já olhei isso na minha, a princípio achei a temperatura alta demais, mas vendo uns vídeos na internet parece que é isso mesmo. Também não achei nenhuma documentação oficial que diga qual a temperatura normal (do óleo) de funcionamento de motores de moto refrigerados a ar.

    Quanto a temperatura do motor, isso varia muito do local, próximo ao escape por exemplo chega a 300 graus fácil.




    - - - Updated - - -

    Acho que 150 graus é o limite sim, pois com 200 graus o óleo já vai pro saco, junto com o cabeçote e o resto.

    Não lembro exatamente o ponto de fulgor do óleo, tenho que ver aqui, mas se não me engano é +- 200 graus (depende do óleo)

    - - - Updated - - -

    E também obviamente se a temperatura da água é em torno de 100 graus, a temperatura do óleo está a mais que isso.
    Sim +andersonpg, eu vi esse vídeo da Fazer 250 durante as pesquisas antes de criar o tópico. E de certa forma concordo com vc quando fala sobre os motores a AR, terem temperatura um pouco superior(já que não possuem um controle tão eficiente quanto os com refrigeração líquida).
    Quando vc comenta sobre a variação de temperatura do motor e fala sobre o escape, creio que eu não tenha sido tão claro quando perguntei sobre temperatura de funcionamento do motor, pois vc não é o primeiro a falar sobre outras partes diferentes(outro amigo citou por exemplo a câmara de combustão). O que quero saber é a temperatura de trabalho deste motor que é um valor que varia entre X e Y(ex.: 89ºC min e 107ºC max). Onde normalmente é medida pelos carros ou motos em seus fluidos("aguá" e/ou óleo, dependendo do projeto), portanto dentro das galerias do motor, são por esses valores que se determina a tal temperatura que quero saber. Portanto, temperatura de periféricos ou carcaças por exemplo não entram nesse valor, pois fogem e muito do valor em questão.
    Quanto ao valor pelo fato do motor ser a ar.. não tem como ter uma matéria que fale assim, existem diversos projetos diferentes, desde mono até tetra cilíndricas(fora o fato de umas terem o radiador, outras quantidades grandes de óleo o que teoricamente ajuda o controle maior da temperatura, etc..), portanto pode haver uma variação bastante significativa para cada uma delas. Por isso quero saber o valor do motor em questão.
    Quero saber justamente o valor devido ao ponto de fulgor do óleo que citei no começo, o 10w30, que gira em torno dos +/-240ºC. Muita coisa se fala sobre óleo, viscosidades, aditivos, e etc.. Porém sou do tipo que prefiro a ciência e não os "achismos"(mas sempre levando em consideração todas as informações), por isso o meu interesse em qual a real temperatura desses motores.
    De fato esses 151ºC adotados pela injeção parecem ser o valor teto, mas como disse, parecem.. Muito obg pela contribuição e indicação do vídeo, realmente ele é muitíssimo interessante e eu não sabia que a Fazer mostrava isso, antes de iniciar a procura pelos valores que quero saber. Ótimo vídeo mesmo!

  12. #12
    Motociclista
    Data de Ingresso
    Aug 2016
    Localização
    Porto Alegre - RS
    Idade
    33
    Posts
    842
    Citação Postado originalmente por ROD1985 Ver Post
    Então +Dynamics, realmente é bem interessante aqueles termômetros. Porém, eles medem a temperatura da superfície para onde são direcionados. O que dá para se ter uma ideia, mas o que queria mesmo era o valor exato.

    - - - Updated - - -



    Sim +andersonpg, eu vi esse vídeo da Fazer 250 durante as pesquisas antes de criar o tópico. E de certa forma concordo com vc quando fala sobre os motores a AR, terem temperatura um pouco superior(já que não possuem um controle tão eficiente quanto os com refrigeração líquida).
    Quando vc comenta sobre a variação de temperatura do motor e fala sobre o escape, creio que eu não tenha sido tão claro quando perguntei sobre temperatura de funcionamento do motor, pois vc não é o primeiro a falar sobre outras partes diferentes(outro amigo citou por exemplo a câmara de combustão). O que quero saber é a temperatura de trabalho deste motor que é um valor que varia entre X e Y(ex.: 89ºC min e 107ºC max). Onde normalmente é medida pelos carros ou motos em seus fluidos("aguá" e/ou óleo, dependendo do projeto), portanto dentro das galerias do motor, são por esses valores que se determina a tal temperatura que quero saber. Portanto, temperatura de periféricos ou carcaças por exemplo não entram nesse valor, pois fogem e muito do valor em questão.
    Quanto ao valor pelo fato do motor ser a ar.. não tem como ter uma matéria que fale assim, existem diversos projetos diferentes, desde mono até tetra cilíndricas(fora o fato de umas terem o radiador, outras quantidades grandes de óleo o que teoricamente ajuda o controle maior da temperatura, etc..), portanto pode haver uma variação bastante significativa para cada uma delas. Por isso quero saber o valor do motor em questão.
    Quero saber justamente o valor devido ao ponto de fulgor do óleo que citei no começo, o 10w30, que gira em torno dos +/-240ºC. Muita coisa se fala sobre óleo, viscosidades, aditivos, e etc.. Porém sou do tipo que prefiro a ciência e não os "achismos"(mas sempre levando em consideração todas as informações), por isso o meu interesse em qual a real temperatura desses motores.
    De fato esses 151ºC adotados pela injeção parecem ser o valor teto, mas como disse, parecem.. Muito obg pela contribuição e indicação do vídeo, realmente ele é muitíssimo interessante e eu não sabia que a Fazer mostrava isso, antes de iniciar a procura pelos valores que quero saber. Ótimo vídeo mesmo!
    Sim, eu te entendi. A tua dúvida é a mesma que a minha. Já pesquisei isso em páginas em português e também não encontrei nada.

    Como eu disse, se o motor é arrefecido a água, a temperatura é medida na água. E isso sabemos que é em torno de 100 graus (temperatura de ebulição da água).

    Como as motos arrefecidas a ar não tem água, e o arrefecimento é feito pelo óleo, tanto que algumas tem até um radiador por onde circula o óleo. A medição é feita pelo óleo.

    Por empirismo, verificando a temperatura na minha moto através do painel, e em vídeos da internet como esse que eu postei o link.e parece que a temperatura normal fica em torno de 120 graus.

    Achei um fórum gringo que fala:

    Uma boa temperatura normal do óleo de operação para um motor refrigerado a ar é de 240 a 280 graus F. Os motores refrigerados a ar tendem a funcionar mais quentes que os motores refrigerados a líquido. Não porque haja algo diferente de ser "arrefecido a ar" que faz com que eles produza mais calor. É porque o ar é menos eficiente ao transferir o calor das superfícies de troca de calor (normalmente as aletas) do que o líquido. Mas o resfriamento líquido de um motor significa que você precisa projetar o sistema de resfriamento, não com o quão legal você quer que o motor funcione, mas a temperatura máxima que você pode conseguir sem permitir que o refrigerante ferva. Por esse motivo, foram desenvolvidos sistemas de resfriamento pressurizados. Levante a pressão e o líquido de arrefecimento não ferverá até atingir uma temperatura muito maior. Os motores são mais eficientes em tempos de operação mais altos do que em temperaturas baixas (até um ponto de limitação com base no tipo de combustível, etc.) Os motores refrigerados a ar SÃO PERMITIDOS de executar um PROJETO DE DISCO mais quente porque a maior eficiência é alcançada na faixa de 240-280 F. . Sem ter que se preocupar com a fervura do refrigerante e a cavitação desenfreada com refrigerante líquido, você pode permitir que um motor tenha uma "temperatura de operação normal" mais alta.

    - - - Updated - - -

    240 a 280 f
    Isso dá em graus Celsius de 115 a 140

    - - - Updated - - -

    http://forums2.gardenweb.com/discuss...operating-temp

    - - - Updated - - -

    Ou seja, um motor refrigerado a ar (e óleo) pode trabalhar um pouco mais quente, pois não tem problema de aumentar demais a pressão do sistema de arrefecimento (a água), cavitaçao e etc, já que ele não tem.

    Eu sei que os motores VW refrigerados a ar (kombi, Fusca) trabalhavam bem quentes, é bem sabemos o quanto esses motores são duráveis e confiáveis.
    E antigamente a qualidade dos lubrificantes éra bem inferior ao que temos hoje.

    Sem contar que o motor ficava atrás, ou seja, refrigera muito pouco.

    - - - Updated - - -

    Ah, e quanto a diferença de projeto, entre um motor e outro, eu não acho que tenha muita diferença, sinceramente.

    Tanto quanto não há muita diferença em motores refrigerados a água.

    Existe um limite de temperatura, seja qual for o motor, e creio que essa margem seja mais ou menos a mesma para todos os motores refrigerados a ar, até mesmo os motores de carros.
    Última edição por andersonpg; 30-11-17 às 19:27.
    Fazer 250 Blueflex

  13. #13
    Novato
    Data de Ingresso
    Apr 2013
    Idade
    32
    Posts
    30
    Citação Postado originalmente por andersonpg Ver Post
    Sim, eu te entendi. A tua dúvida é a mesma que a minha. Já pesquisei isso em páginas em português e também não encontrei nada.

    Como eu disse, se o motor é arrefecido a água, a temperatura é medida na água. E isso sabemos que é em torno de 100 graus.

    Como as motos arrefecidas a ar não tem água, e o arrefecimento é feito pelo óleo, tanto que algumas tem até um radiador por onde circula o óleo. A medição é feita pelo óleo.

    Por empirismo, verificando a temperatura na minha moto através do painel, e em vídeos da internet como esse que eu postei o link.e parece que a temperatura normal fica em torno de 120 graus.

    Achei um fórum gringo que fala:

    Uma boa temperatura normal do óleo de operação para um motor refrigerado a ar é de 240 a 280 graus F. Os motores refrigerados a ar tendem a funcionar mais quentes que os motores refrigerados a líquido. Não porque haja algo diferente de ser "arrefecido a ar" que faz com que eles produza mais calor. É porque o ar é menos eficiente ao transferir o calor das superfícies de troca de calor (normalmente as aletas) do que o líquido. Mas o resfriamento líquido de um motor significa que você precisa projetar o sistema de resfriamento, não com o quão legal você quer que o motor funcione, mas a temperatura máxima que você pode conseguir sem permitir que o refrigerante ferva. Por esse motivo, foram desenvolvidos sistemas de resfriamento pressurizados. Levante a pressão e o líquido de arrefecimento não ferverá até atingir uma temperatura muito maior. Os motores são mais eficientes em tempos de operação mais altos do que em temperaturas baixas (até um ponto de limitação com base no tipo de combustível, etc.) Os motores refrigerados a ar SÃO PERMITIDOS de executar um PROJETO DE DISCO mais quente porque a maior eficiência é alcançada na faixa de 240-280 F. . Sem ter que se preocupar com a fervura do refrigerante e a cavitação desenfreada com refrigerante líquido, você pode permitir que um motor tenha uma "temperatura de operação normal" mais alta.

    - - - Updated - - -

    240 a 280 f
    Isso dá em graus Celsius de 115 a 140

    - - - Updated - - -

    http://forums2.gardenweb.com/discuss...operating-temp

    - - - Updated - - -

    Ou seja, um motor refrigerado a ar (e óleo) pode trabalhar um pouco mais quente, pois não tem problema de aumentar demais a pressão do sistema de arrefecimento (a água), cavitaçao e etc, já que ele não tem.

    Eu sei que os motores VW refrigerados a ar (kombi, Fusca) trabalhavam bem quentes, é bem sabemos o quanto esses motores são duráveis e confiáveis.
    E antigamente a qualidade dos lubrificantes éra bem inferior ao que temos hoje.

    Sem contar que o motor ficava atrás, ou seja, refrigera muito pouco.
    Gostei do texto e concordo com ele e ctg, faz todo o sentido trabalharem e permanecerem mais quentes que os refrigerados a "água", justamente como citei antes que os a ar são menos eficientes. E sem dúvidas, que os Boxer's sempre foram muito confiáveis(não atoa feitos para atravessar o deserto)! Dificilmente se vê um motor a ar superaquecer, normalmente é por falta de lubrificante. Mas o que pega é que como, num país de milhões de CG's(a muitos anos já) ainda não temos aceso a uma informação tão banal. Já rodei bastante e nada.. uma pena, queria muito saber essa informação. Acho que deveria vir na ficha técnica de todos os veículos...

    *Quando falo de "diferença de projeto", cito os valores "ideais" para cada um eles.. É comum encontrarmos veículos onde a temperatura é 80-90ºC e casos onde se chega a 120-140ºC(como o caso citado da Fazer. Portanto uma varição de 40-50ºC, é bastante coisa..
    Última edição por ROD1985; 30-11-17 às 19:37. Razão: adicionar informação

  14. #14
    Motociclista
    Data de Ingresso
    Aug 2016
    Localização
    Porto Alegre - RS
    Idade
    33
    Posts
    842
    Sim. Tem um diferença.

    Essas informações específicas acho que devem ficar apenas com o fabricante. (No Brasil)

    Nesse link que eu citei, ele comenta que retirou essas informações do manual de serviços da Suzuki, sendo que outros motores podem trabalhar mais ou menos quentes.
    Fazer 250 Blueflex

  15. #15
    Novato
    Data de Ingresso
    Apr 2013
    Idade
    32
    Posts
    30
    Citação Postado originalmente por andersonpg Ver Post
    Sim. Tem um diferença.Essas informações específicas acho que devem ficar apenas com o fabricante. (No Brasil)Nesse link que eu citei, ele comenta que retirou essas informações do manual de serviços da Suzuki, sendo que outros motores podem trabalhar mais ou menos quentes.
    Pois é cara! O "problema" é que esse tipo de coisa não é mostrado claramente.. No nosso manual de serviços essa informação não consta. Já rodei nessa tal de internet, kkkkk! Nem o Google sabe, kkkk! Ele sabe até como fazer uma bomba atômica, mas a temperatura desse motor ele tá por fora! É lasca viu.. Mas VLW a TODOS, o papo ajudou bastante!

 

 

Tópicos Similares

  1. Respostas: 53
    Último Post: 27-11-17, 08:56
  2. INFINITUM RPM para motos injetadas
    Por Bruno de Sá Marangoni no fórum Preparação
    Respostas: 3
    Último Post: 20-06-17, 06:53
  3. Motos Injetadas
    Por bartira2 no fórum Preparação
    Respostas: 2
    Último Post: 27-03-12, 11:59
  4. Gambiarra NEWS, modulo flex pra hondas injetadas
    Por Roberval3000 no fórum Área de debate
    Respostas: 21
    Último Post: 24-09-09, 09:41
  5. Honda 250 injetadas...quando elas virão???
    Por MotociclistaBH no fórum Área de debate
    Respostas: 32
    Último Post: 01-07-07, 18:49

Tags para este Tópico

Permissões de Postagem

  • Você não pode iniciar novos tópicos
  • Você não pode enviar respostas
  • Você não pode enviar anexos
  • Você não pode editar suas mensagens
  •